09/10/2014

8 dicas para melhorar o seu inglês!



Quando eu voltei pro curso (para quem não sabe, tenho aulas na Cultura Inglesa toda terça e quinta), muitas pessoas me perguntaram como eu consegui melhorar o meu inglês a ponto de pular dois níveis intermediários. Como eu sei que tem bastante gente aqui que não tem dinheiro pra bancar um curso - que costuma ser bastante caro, resolvi deixar as minhas dicas pessoais para o estudo e aprimoramento da língua.

1. Invista seu tempo em um curso online ou nas aulas da escola. Eu disse que não estava no curso pago, mas não descartei as aulas da escola e o curso online (gratuito). Para quem já saiu da escola faz tempo e não tem qualquer contato com o inglês, eu recomendo que se filie ao Busuu e inicie já o seu módulo de aprendizagem! Ele vai te dar uma base superficial? Sim, mas já é alguma coisa. Para o pessoal que ainda está na escola, vai parecer bobagem, mas é bom dedicar uma atenção extra às aulas de inglês, pois algumas lições importantíssimas de gramática são ensinadas ao decorrer delas. Acredite ou não, muitas delas você vai precisar usar para o resto da sua vida.

2. Esteja sempre em contato com o idioma. Hoje em dia não é muito difícil de ouvir pelo menos uma ou duas palavrinhas em inglês ao longo do dia. Tem sempre alguém que usa uma expressão em inglês para explicar alguma coisa, uma música cantada na língua que está sua playlist ou mesmo a marca de algum objeto que foi criada em inglês. O que vai te ajudar a se acostumar e adicionar uma palavrinha ou outra ao seu vocabulário pessoal vai ser isso: deixar o inglês entrar na sua vida o máximo que puder, sem restrições. Para começar, vale mudar o idioma das suas redes sociais, por exemplo. Parece algo pequeno e desnecessário, mas ajuda muito.

3. Procure traduzir e ouvir músicas em inglês. Uma coisa que me ajudou bastante quando eu não tinha noção de vocabulário e conjugação de verbo foi isso: traduzir músicas e caçar o significado das palavras. Além de conhecer muitas gírias, ouvir as músicas vai te dar uma margem muito boa da pronúncia correta das palavras, como também te ajudará a captar o som e se acostumar a ouví-las e reconhecê-las. Dentro de algum tempo, você nem vai precisar acompanhar a letra por escrito para saber do que ela se trata, vai por mim!

4. Não tenha vergonha de pedir ajuda. Se você tiver algum amigo que seja muito bom em inglês ou um professor que se esforça para motivar a turma, vale a pena pedir um bizu. No meu caso, eu costumo ajudar vários colegas de classe que possuem dúvidas e sempre vale a pena. Eu que já tenho a experiência, exercito o meu conhecimento ao passá-lo para a pessoa em questão e o interessado ainda ganha as minhas dicas pessoais de bônus. Estar perto de pessoas que já lidam com o idioma há um tempo é sempre bom para ter uma ideia de como elas chegaram até lá.



5. Sempre assista a filmes e seriados legendados. É quase o mesmo caso das músicas, só que você aprende muito mais quando assiste os programas de televisão. Por que? Muito fácil: as músicas tem curta duração, enquanto esses programas podem durar de vinte minutos a duas horas. Sem contar que ao liberar o idioma original, você terá noção de como soam vários sotaques diferentes (acredite, o inglês tem muitas variações) e saberá lidar melhor com a entonação dos diálogos - o que é muito importante na hora de se comunicar. Com o tempo, você pode tentar retirar as legendas para ter uma noção do quanto consegue entender.

6. Tenha contato com qualquer tipo de material escrito em inglês. Sempre que puder, é muito legal ler as notícias em inglês ou até mesmo, procurar sobre aquela matéria específica na wiki americana/britânica. Quanto mais imerso na língua você estiver, melhor! Vale também começar ler blogs americanos ou britânicos que falem de assuntos que você goste. Quando estiver mais seguro e se já possuir um inglês intermediário, a melhor dica é começar a ler livros na íntegra. Esse tipo de leitura vai te dar uma base enorme do vocabulário atual e de algumas regrinhas que os americanos usam na hora de escrever.

7. Faça um dicionário manual. Uma coisa que me ajuda muito hoje em dia é anotar as palavras diferentes que eu aprendo. Nos livros, os autores costumam usar um vocabulário diferente do que a gente aprende no curso para escrever - o que é super normal, já que eles tem sempre que fazer uso de vários sinônimos para a linguagem do livro não ficar repetitiva. Por causa disso, eu acabei aprendendo várias palavras novas e em decorrência disso, esquecendo o significado de algumas delas. Resolvi meu problema em dois tempos: passei a anotar em um caderno separado todos os significados das palavras que eu encontrava com mais frequência e as exercitei oralmente até que elas fizessem parte do meu vocabulário. É uma atividade simples, fácil, que não ocupa muito tempo e no final, vai te garantir ótimos resultados.

8. Seja paciente. Não é de um dia pro outro que você vai aprender tudo e se tornar fluente! É necessário se dedicar e estudar bastante para alcançar esse ponto. Eu, por exemplo, comecei a me dedicar mais ao inglês em 2008 e alcancei a fluência só em 2012! Por isso, é essencial que você não desanime e aprenda com seus erros para acertar cada vez mais. Vai ser um pouquinho complicado para quem tiver dificuldade, mas com muito esforço e dedicação, é possível chegar lá!

Espero que esse post tenha ajudado a todos que não tem conhecimento do inglês e querem um incentivo para começar a aprender a língua ou até mesmo a quem já tem alguma noção do idioma e quer melhorá-lo ainda mais. Caso essas dicas tenham sido úteis para vocês, não deixem de comentar e me falar sobre como está sendo a experiência! Se tiverem alguma sugestão para adicionar, também deixei aí embaixo, para que eu possa fazer um update no post.

Até mais!


9 comentários:

Comentários
9 Comentários
  1. Oie, tudo bom?
    Seu post ficou muito bacana e incentiva todas as pessoas que precisam e querem aprender inglês. A primeira língua que aprendi foi o espanhol e tenho certa repulsa do inglês. Mas, gosto de ver filmes e séries legendadas e meu listen melhorou muito. Quero voltar as aulas do curso para aprimorar os conhecimentos.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! ♥♥

      Jura? Eu sou apaixonada pelo inglês desde que comecei a estudar sozinha. Acho muito prático e gostoso de falar/ouvir/ler. Já não tenho esse apreço todo pelo espanhol, rs.

      Beijão!

      Excluir
  2. Oi Natalia, tudo bem?
    Então, dentre as suas dicas, a que eu mais uso é ver séries e filme, SEM LEGENDA! Ajuda muito a treinar o inglês, a conviver com a língua o máximo de tempo possível. <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não tive coragem de assistir sem legenda, hahahaha. Fico com medo de não pegar a maior parte dos diálogos e tal :( sei que é bobeira minha, mas um dia eu tento.

      Beijão!

      Excluir
  3. Oi Natália :D
    Muito obrigada! Nossa, seu post foi de uma ajuda enorme. Eu tenho uma facilidade imensa no Francês, mas sabe, no Inglês sou tão complexa... Não consigo sentir a paixão pela língua como muitas pessoas sentem, mas como todas sei que é de uma extrema importância e é essa língua que te abre as portas do mundo profissional. E em viagens então? O sentimento de liberdade deve ser maravilhoso.
    Seu blog é de um aconchego surpreendente, parabéns! Amei teu cantinho e farei de tudo para continuar visitando-o.
    Um beijo linda! Ótima semana para ti.
    Paula, Poetisa & Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico super feliz que tenha te ajudado, foi com essa intenção mesmo que escrevi. ♥

      Verdade! Hoje em dia a gente usa o inglês pra tudo, virou global mesmo.

      Muito obrigada, de verdade. ♥

      Beijão!

      Excluir
  4. Eu faço tudo isso e mesmo que seja difícil de admitir, ajuda muito. Coisas simples mas de grande ajuda :D

    Beijo,
    Larissa♥
    - Vitamina de Pimenta -

    ResponderExcluir
  5. Oi Nat, tudo bem?

    Eu queria voltar a assistir minhas séries, mas, infelizmente to sem tempo. Elas me ajudavam muito na pronuncia e com um inglês mais usual. Adorei as dicas

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Amei o post, sério.
    E assistir séries/filmes legendados realmente é muito útil no aprendizado pra pegar aquelas expressões curingas e a pronúncia. Algumas eu até uso no meu dia-dia por ouvi-las constantemente nas séries.
    Meu inglês é o básico do básico do básico, mas sou louca pra aprender, e vou tentar usar suas dicas.
    Bjss

    ResponderExcluir